Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

 19/03/2019 - Notícias; Atividade Física; Gerenciamento em Saúde

 A importância da flexibilidade

Mulher se alongando na sala de uma casa.

Quem gosta de atividades físicas sabe a importância da musculação, de uma alimentação equilibrada e de alternar entre momentos de descanso. No entanto, mesmo quem pratica exercícios, pode acabar esquecendo de uma parte muito importante: a flexibilidade. Ela está diretamente relacionada à realização de tarefas simples do dia a dia. A capacidade de mexer certas articulações com apropriada amplitude de movimento é extremamente benéfica à saúde. Os exercícios de alongamento são exemplos de eficiência no tratamento da dor lombossacra (lombalgia), tensão e dores musculares. Treinar flexibilidade também diminui as chances de lesões durante a realização de diversos movimentos. Confira mais benefícios da maleabilidade do corpo:

  • Previne cardiopatias e outras doenças;

  • Produz sensação de rejuvenescimento;

  • Melhora as funções respiratórias;

  • Retarda a aparição da fadiga e ajuda na recuperação mais rápida.

Fatores que influenciam no ganho de flexibilidade:

  • Idade: crianças costumam ter mais facilidade de aprender. Se treinarem desde cedo, os ganhos de amplitude são significativos. Quanto mais velho, mais difícil fica;

  • Sexo: mulheres costumam apresentar mais flexibilidade que homens. Isso se deve ao fato de terem tecidos menos densos;

  • Quanto mais calor, mais fácil de conseguir amplitude de movimentos. No inverno, os músculos ficam mais rígidos;

  • Hora do dia: treinar pela manhã é mais complicado, pois o corpo apresenta maior resistência aos movimentos.

Lembre-se: antes de treinar, procure um profissional habilitado. Não faça exercícios sem supervisão médica. Cuidar do seu corpo é essencial!

Bons treinos!



Deixe o seu comentário

Próximas Atividades

Publicações Anteriores