Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

 22/10/2019 - Atividade Física; Gerenciamento em Saúde

 Atividade física na natureza.

Imagem de uma mulher correndo em um parque com árvores. Na parte inferior à esquerda está escrita a hashtag #adoteessaprática.

​Já faz tempo que a prática regular de atividade física deixou de ser o método utilizado apenas para a perda de peso. Está comprovado que abandonar o sedentarismo e investir em exercícios reduz o risco de várias doenças, além de melhorar o condicionamento físico e, com ele, a disposição, além de aumentar a oxigenação cerebral, combater o estresse, a ansiedade e até ser indicado para pessoas que sofrem de depressão. Há estudos que comprovam que praticar exercícios físicos regularmente melhora a memória. Isso sem contar os outros benefícios à saúde como o controle do diabetes, da pressão arterial e do colesterol.

Por outro lado, há pessoas que não associam a prática de exercícios a um lugar fechado como o de uma academia. E para quem quer mexer o corpo ao ar livre, saiba que os benefícios são muitos. A começar que a luz natural do sol produz vitamina D, eleva a melatonina, substância que ajuda, entre outras coisas, a regularizar o sono. E, se dormimos melhor, despertamos bem e temos a possibilidade de ter um dia saudável, como melhora no rendimento e menos estresse. Aliás, vários estudos comprovaram que a prática de esportes ao ar livre é capaz de auxiliar no combate à depressão. Isso porque melhora não só o humor, como eleva a autoestima.

O contato com a natureza, associado aos benefícios da prática regular de exercícios, libera hormônios do bem-estar, como a dopamina, a endorfina e a serotonina, contribuindo, dessa forma, para o alívio do estresse, diminuindo a ansiedade, e até auxiliando a ter uma visão mais positiva dentro da rotina.

Regularidade é fundamental

Segundo os especialistas, a melhor maneira para evitar que você desista do exercício na segunda semana é escolher a opção que mais gosta, que lhe dá prazer. Para que você consiga ter uma regularidade nas atividades, não faltam opções. Uma simples caminhada à corrida, passando por andar de bicicleta, pular corda e até andar de patins, podem fazer um bem danado ao seu corpo, sua mente e seu espírito. E então, vamos começar?!


5 modalidades esportivas à sua escolha

Confira algumas práticas esportivas que você pode começar a fazer hoje mesmo, arrumando pelo menos 20 minutos dentro da sua rotina diária. Aos poucos você vai aumentando o tempo, até sentir que os benefícios são tão grandes, que uma hora se exercitando no parque, na praça ou mesmo numa rua arborizada da sua cidade passa rapidinho.

Mas lembre-se: use roupas adequadas e proteção adequada. No frio, alimente-se de maneira leve e tome bastante água antes, durante e após o exercício. No calor, atente-se aos horários de exposição ao sol (evite o período entre 10h e 16h), use roupas leves, protetor solar e hidrate-se repetidas vezes.

  • Corrida: aumenta a produção de endorfina, a sensação de bem-estar e a agilidade. É uma atividade que auxilia na perda de peso e melhora o condicionamento físico. O calçado deve ser escolhido de acordo com a demanda de carga sobre a planta do pé. Um bom amortecedor também é importante. Sentiu dores durante a prática? Procure orientação de um médico.

  • Caminhada: ajuda a controlar a pressão arterial, o diabetes, protege contra demência e ainda emagrece. Isso sem contar que melhora a autoestima, previne doenças cardíacas, permite maior vascularização do cérebro, aumentando o grau de raciocínio e agilidade. Antes de sair andando por aí, escolha um tênis apropriado e confortável.

  • Passeio de bike: mantém o corpo todo em movimento, mas principalmente pernas, coxas e braços. É uma atividade que melhora o condicionamento físico e colabora para a perda do excesso de peso. É fundamental o uso de capacete.

  • Andar de patins: melhora o condicionamento cardiorrespiratório. É um exercício de menor impacto para o corpo. Por outro lado, aumenta a resistência muscular, traz mais flexibilidade, agilidade e mobilidade articular. Também desenvolve o equilíbrio corporal, auxilia na definição muscular, principalmente das coxas, pernas, nádegas, abdômen e costas. É importante utilizar equipamentos de segurança, como joelheiras, cotoveleiras e capacete.

  • ​Ioga: a atividade harmoniza o corpo, a mente e a respiração através de técnicas de respiração, posturas de ioga e meditação. Além disso, a ioga trabalha força, equilíbrio, músculos e alongamento, trazendo bem-estar, paz interior e qualidade de vida.




Deixe o seu comentário

Próximas Atividades

Publicações Anteriores