Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

 02/04/2021 - Gerenciamento em Saúde

 Autismo: Conheça mais sobre esse transtorno de desenvolvimento

Imagem de várias pessoa segurando uma cartolina em formato de cabeça humana a cor branca.

​​​O que é o autismo: 

É um transtorno do neurodesenvolvimento que compromete a comunicação e a interação social. O autismo geralmente apresenta comportamentos restritos e repetitivos.  Ocorre em diferentes graus: dos quadros mais leves, geralmente sem comprometimento da fala até os quadros mais graves, com grande comprometimento da fala, das relações interpessoais e da autonomia. 

O transtorno do espectro autista compreende um conjunto de comportamentos agrupados em: 

  1. Comprometimento na comunicação social: dificuldades no domínio da linguagem para comunicar-se ou lidar com jogos simbólicos e em alguns casos ausência da fala. 
  2. Dificuldades interação social: Dificuldades em fazer contato visual e inabilidade para interagir socialmente. 
  3. Atividades restritas e repetitivas: incidência de movimentos estereotipados e repetitivos e forma rígida de pensar. 

Importante: O diagnóstico do autismo é clínico. Feito através da observação dos comportamentos da criança, entrevista com familiares, levantamento de informações acerca da história do indivíduo e pelo uso de instrumentos de avaliação. Participam da elaboração do diagnóstico médicos pediatras, neuropediatras, psiquiatras infantis, psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais (equipe multiprofissional)

Procure um neurologista para lhe auxiliar com esse diagnóstico. 

  • Fique por dentro dos dados: 1 a cada 59 crianças é diagnostica com autismos; 
  • A cada 5 crianças com autismo 4 são meninos; 
  • Os primeiros sinais podem ser identificados a partir dos 8 meses. *dados do centro de controle prevenção de doenças (CDC) dos Estados Unidos, 2016.

Alguns sinais do autismo: 

Choro ou riso inapropriado, Hiperatividade ou passividade, Dificuldades para aceitar excesso de carinho, Fala ruim ou ausência da fala, Sensibilidade a alguns sons, Age como se não estivesse ouvindo, Apego a objetos diferentes, Falta de consciência do perigo, Evita fazer contato visual. 


Importante: A criança com 1 ano e 6 meses que ainda não fala e também não aponta para pedir o que deseja, deve ser investigada. Informe ao pediatra para que ele encaminhe para um neuropediatra. 

O Autismo não tem cura, mas o diagnóstico precoce potencializa o sucesso do tratamento através da intervenção com terapias específicas (psicologia, fonoaudiologia, terapia ocupacional entre outras) e da estimulação e participação da família.


Autismo/Terapias

A Unimed POA disponibiliza o setor de Acolhimento para auxiliar neste assunto em caso de necessidade de orientação enviar e-mail para: acolhimento@unimedpoa.com.br.


Deixe o seu comentário

Próximas Atividades

Publicações Anteriores