Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

 30/10/2018 - Atividade Física

 Benefícios da corrida vão muito além do corpo bonito e sarado

Um casal está correndo e sorrindo.

A corrida já é uma paixão nacional. Atrás do futebol, a modalidade ocupa a segunda posição entre as preferências esportivas do país. Os benefícios vão muito além do corpo bonito e definido. Além de dar um chega para lá na gordura corporal, a corrida melhora o sono, deixa o coração mais resistente, amplia a capacidade respiratória e melhora a autoestima. Não é à toa que mais de 4 milhões de brasileiros se renderam aos encantos da prática.


A atividade aperfeiçoa o condicionamento físico, melhora o fluxo sanguíneo do coração e estimula a capacidade de contração do músculo. Esses benefícios afastam as doenças cardíacas que estreitam os vasos por conta do acúmulo de gordura. Como as passadas são vigorosas, a corrida exige foco e concentração, o que estimula o raciocínio e a memória.


Correr ao ar livre é uma das melhores atividades para relaxar e isso é o que reflete diretamente na qualidade do sono. Pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, sugeriram às pessoas sedentárias e com dificuldades para dormir que incluíssem na rotina trotes de 20 a 30 minutos dia sim, dia não. O resultado foi que o grupo reduziu pela metade o tempo para pegar no sono - e ainda aumentou em quase 60 minutos a quantidade de horas dormidas.


A melhora da autoestima foi comprovada por um estudo desenvolvido na Alemanha. Neurologistas da Universidade de Bonn identificaram que há mais receptores de endorfina em quem corre do quem em praticantes de outras modalidades. Sem contar que a sensação de evoluir um pouco a cada dia faz muito bem para a autoconfiança.


Deu vontade?

Antes de colocar os tênis e sair correndo pelas ruas, parques ou esteiras, é importante fazer uma avaliação com um médico e/ou um educador físico. Eles saberão dizer exatamente como você deverá começar a sua rotina de treinos.


Correr é um sacrifício?

Corredores sabem que o início do treino pode ser um martírio, que faz muita gente abandonar o esporte antes da hora. O desconforto ocorre porque os músculos gastam mais energia e o coração precisa adaptar a frequência ao gasto calórico.


Quem persiste no treino comprova: depois da adaptação, o corpo entra no estado de equilíbrio, quando a prática do exercício se torna confortável e correr vira um prazer.


Para evitar problemas com lesões e dores, faça um aquecimento com 10 minutos de caminhada ou trote e, após a corrida, alongue, com cuidado, braços e pernas.




Deixe o seu comentário

Próximas Atividades

Publicações Anteriores