Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

 15/05/2019 - Saúde da Criança

 Como estimular o bebê a engatinhar

Um bebê engatinhando em cima de um tapete. No centro da imagem está escrito a hashtag #cuidardevocê.

​​Assim como os adultos têm seu próprio estilo e personalidade, as crianças também são diferentes. Uma das situações que mais pode chamar a atenção dos pais é o fato de alguma outra criança começar a engatinhar ou caminhar e seu filho não. Isso é completamente normal. Cada bebê tem seu tempo e é preciso respeitá-lo. Engatinhar é uma etapa muito importante do desenvolvimento, que costuma ocorrer por volta do nono mês de idade. Pode acontecer antes desse período ou até mesmo após o bebê já ter aprendido a caminhar. Neste processo, são estimuladas a coordenação motora grossa (movimentação dos membros, ligada a andar, saltar, correr) e a fina também, pelo apoio das mãos e dedinhos no chão. O ato promove balanceamento do peso corporal, fortalecimento de músculos, equilíbrio e estabilidade.


​​
Existem algumas atividades que podem incentivar o pequeno a dar as primeiras "arrastadas" pelo chão e, de quebra, tranquilizar os pais. Talvez você nunca tenha ouvido falar, mas existem estilos de engatinhar. São eles:

  • Clássico: o bebê move um braço e o joelho oposto para frente simultaneamente;

  • Caranguejo: ele dobra um joelho e estende a perna oposta para avançar;

  • Urso: Parece a forma tradicional de engatinhar, mas o bebê mantém os cotovelos e os joelhos esticados, caminhando sobre as mãos e os pés como um urso;

  • Rolando: o bebê rola de um lugar para o outro;

  • Barriga: o bebê move o corpo para frente enquanto arrasta sua barriga contra o chão.


Identificou seu filho em alguma dessas formas? Mesmo que ele ainda não tenha chegado lá, você pode motivá-lo. Conheça algumas práticas:

  • Deixe o bebê a maior parte do tempo no chão, assim ele irá se acostumar com a superfície e vai desenvolver maior força muscular nos ombros, braços, costas e tronco;

  • Aposte nas brincadeiras: grude brinquedos no chão com fita crepe, promova uma minipista de obstáculos e instigue seu bebê a ir atrás de cada objeto. Abuse das cores e de formatos chamativos;

  • Túnel de cadeiras: faça uma fileira de cadeiras e coloque algum lençol em cima. Coloque seu pequeno em um dos lados do túnel e fique do outro. Rapidinho ele vai querer atravessar e abraçar você. ​


Deixe o seu comentário

Próximas Atividades

Publicações Anteriores