Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

 02/08/2017 - Saúde da Gestante e do Bebê

 Aleitamento Materno

Importância

  • O colostro é produzido nos primeiros dias após o nascimento do bebê e contem anticorpos para protegê-lo. Depois acontece a descida do leite maduro que aparece em maior volume e é importante para o crescimento do bebê;

  • O aleitamento materno deve ser em livre demanda, ou seja, o bebê deve mamar sempre que quiser. Com o tempo as mamadas vão espaçando.

  • Cada bebê tem seu ritmo, devendo mamar até ficar satisfeito.

  • Quanto mais você oferecer o seio ao bebê, mais leite irá produzir;

  • Não ofereça outros alimentos até os seis meses de vida do seu bebê;

  • Após as mamadas, colocar o bebê para arrotar, na posição ereta por 15 min;

  • Manter o bebê com a cabeça mais alta que o corpo, no berço ou carrinho, evitando vômitos.

  • O exercício de mamar no seio é importante para estimular a fala do bebê (fica mais confiante), atividades psicomotoras (sustentação da cabeça), respiração correta (evitando doenças), mastigação (desenvolvimento da musculatura oral), deglutição (aperfeirçoa sucção, respiração e deglutição com movimento de lingual, maxilar e mandibula) e audição (pela posição com cabeça mais elevada);

Pega Correta

  • Posicionar o bebê virado para a mãe;

  • Estimular o mamilo no lábio do bebê para que abra bem a boca;

  • Os lábios ficam virados para fora, envolvendo a auréola mamilar (parte escura do seio);

  • As bochechas ficam arredondadas e a sucção movimenta a musculatura facial;

  • O nariz e o queixo ficam bem junto à mama.

Problemas na Amamentação

Fissuras: Quando aparece uma lesão no mamilo.

  • Verificar se a pega está correta;

  • Não utilizar roupas ou absorventes de seio que podem grudar na lesão;

  • Utilizar oleos conforme orientados pelo médico.

Ingurgitamento: Quando o seio fica muito cheio, formando nódulos de leite.

  • Oferecer o seio para o bebê com mais frequencia;

  • Fazer massagem no seio com movimentos circulares durante o banho;

  • Extrair leite para diminuir volume e deixar a mama mais macia.

Caso você apresente algum problema com a amamentação procure ajuda de um profissional de saúde.


Extração do Leite

  • Escolha um lugar tranquilo;

  • Lave as mãos e prenda os cabelos;

  • Realize massagem em movimentos circulares;

  • Retirar o leite de forma manual ou com máquina extratora; 

  • Lave e ferva todos os materiais para esterilização. 

Armazenamento do Leite

  • Utilizar frascos próprios para leite materno ou vidro com tampa plástica;

  • Lave e ferva todos os materiais para esterilização;

  • Identifique com data e horário da extração;

  • Armazenar na geladeira por 12h ou congelado por 15 dias;

  • Descongelamento ou aquecimento somente em banho-maria;

  • Testar a temperatura com a região do pulso;

  • Quanto mais próxima a temperatura ambiente, melhor: evita queimaduras.

1. Como saber se a criança está mamando o suficiente?

Podemos ficar atentos a alguns sinais durante a amamentação:

·  O bebê mama no mínimo de seis a oito vezes por dia nas primeiras três semanas;

·  As mamas diminuem de volume e ficam mais macias depois que o bebê suga;

·  Após a mamada, ele se mostra relaxado e satisfeito;

·  Você percebe que o bebê engole o leite, quando o observa mamando.


2. Mamadeira e chupeta interferem no aleitamento?

Sim, o uso das mamadeiras e de chupetas pode prejudicar o desenvolvimento da criança. O Ministério da Saúde não recomenda o uso tanto da mamadeira quanto da chupeta porque atrapalham a forma como o bebê vai mamar no peito.


3. Por quanto tempo se deve amamentar a criança?

Depois dos seis meses, o bebê já tem todo o seu sistema digestivo amadurecido para receber outro alimento que não somente o leite materno e também já necessita de nutrientes diferentes dos produzidos pela mamãe. Começa aqui a introdução de novos alimentos, mas não o desmame. Mãe e bebê são os protagonistas e são vocês quem decidirão, junto com o pediatra, quando parar de vez.

 

4. Pode se tomar medicamentos durante o período de amamentação?

A maioria das medicações são compatíveis com a amamentação, desde que tomados alguns cuidados. Por outro lado, algumas medicações, como imunossupressores, hormônios, algumas classes de antibióticos e medicações usadas em doenças neurológicas podem ser contraindicadas, por isso é sempre muito importante conversar com seu médico antes de tomar qualquer medicamento no período da amamentação.


5. Qual a dieta mais recomendada durante a amamentação? Existem restrições alimentares? 

A produção de leite consome muita energia da mãe,  por isso é de grande importância manter hábitos alimentares saudáveis... Consumir frutas, verduras, carboidratos complexos (arroz, farinhas, massas e biscoitos integrais, aveia e granola), fibras, derivados do leite, carnes. Não é momento para dietas restritas ou rápidas para perda de peso. O consumo de gorduras saudáveis é benéfico para o bebê: abacate, azeite, castanhas, sementes e peixes são bons exemplos. Evite as gorduras saturadas (frituras,margarinas, gordura vegetal)

Não esqueça de beber água, ela auxilia no volume de produção de leite.

Cuidados com ingestão excessiva de café, chimarrão e refrigerantes a base de cola, por serem irritantes e estimulantes.

O consumo de álcool não é recomendado. O álcool pode causar prejuízos ao bebê. O consumo frequente, mesmo em doses moderadas, poder ocasionar demora no desenvolvimento neuropsicomotor da criança.


Mãe: Alimente-se adequadamente, pois, a variedade da sua alimentação é importante para saúde.

Procure incluir nas suas refeições frutas , verduras , leguminosas, cereais integrais  e também aumente a quantidade de líquidos ingeridos (leite, água, sucos e chás ex: funcho, camomila, capim cidro, hortelã).

- Não consumir bebidas alcoólicas;

- Evitar excesso de sal, refrigerantes e doces;

- Evitar o consumo excessivo de cafeína (café, chás preto verde, chocolates e chimarrão);

- Não existe alimentos específicos que  provoque mais cólicas ao bebê (cólicas são normais nos primeiros 3 meses), mas se você notar que algum alimento especifico  causa desconforto aos bebê, excluir da dieta e observar.

- Dietas extremamente restritivas neste período não são indicadas (Procure um nutricionista)


Quer saber ainda mais sobre o assunto? Inscreva-se na Oficina Aleitamento Materno em: https://www.unimedpoa.com.br/blogviverbem/agenda

 

Saúde da Gestante e do Bebê

Oficina Aleitamento Materno

Cuidado com as mamas, ordenha do leite e etc. 

Data: 17/08/2017

Horário: 14:30 às 16:00

Local: Casa Bem-Estar - Rua Miguel Tostes, 823 - Rio Branco

Comentários

Juliana Oliveira - 01/08/2018 00:52
Quero participar da Oficina Aleitamento Materno dia 17.08.
Anelizie - 31/07/2018 23:14
Gostaria de saber se o bebe pode acompanhar, e se tera ensinamento na prática para as mães!

Deixe o seu comentário

Próximas Atividades

Publicações Anteriores