Seu navegador não suporta JavaScript!
Logon

 11/10/2017 - Institucional

 A importância da estrutura médica em eventos esportivos é pauta de palestra promovida pela Unimed Porto Alegre e ACEG

 O encontro foi direcionado aos jornalistas especializados

Compartilhar com os jornalistas informações técnicas sobre a gestão do atendimento médico em grandes eventos esportivos foi o principal objetivo da palestra promovida pela Unimed Porto Alegre em parceria com a ACEG (Associação dos Cronistas Esportivos Gaúchos) na tarde dessa segunda-feira, 9 de outubro, na Sala de Imprensa Cid Pinheiro Cabral do Estádio Beira Rio. Conduzido pelo coordenador do SOS Unimed Porto Alegre, o médico Marcelo Hartmann, e pelo gerente de Marketing da Cooperativa, Gerson Silva, o encontro contextualizou para os profissionais de imprensa a dimensão de uma boa estrutura de serviços médicos para eventos esportivos, principalmente nos jogos da dupla Gre-Nal e da Seleção Brasileira de futebol.

"É muito importante que vocês, profissionais da imprensa, compreendam como se dá todo o processo do serviço médico oferecido durante um grande show, uma maratona ou partida de futebol. A informação correta multiplicada por vocês pode, inclusive, ajudar no atendimento adequado em caso de sinistro dentro e fora do campo de futebol", afirmou o médico Marcelo Hartmann, que utilizou como exemplo vídeos de jogos de futebol em que atletas sofreram lesões e não receberam o protocolo de atendimento adequado. "Apesar das boas intenções, outros jogadores podem causar lesões secundárias ao tentar auxiliar o colega lesionado", afirma. De acordo com o coordenador do SOS Unimed Porto Alegre, o médico do clube do atleta lesionado é o profissional responsável por fazer a primeira avaliação do caso e, caso necessário, pedir a atuação da estrutura de atendimento médico, que age mediante motivação, seja pelo médico ou pelo árbitro de futebol.

Além da estrutura oferecida, também foram abordados a capacitação de profissionais, o investimento em equipamentos de primeira linha, como é feita a organização de um pré-evento e como se faz a avaliação após a partida de futebol. A apresentação também apontou o nível de proteção das pessoas envolvidas no jogo de futebol, como jogadores, comissão técnica, funcionários, jornalistas e torcedores, inclusive pessoas que estejam em operação na área externa do estádio. "Enfim, queremos sensibilizar os jornalistas para que possam ter ideia da responsabilidade de uma operadora de saúde que cuida das pessoas em um evento esportivo. É muito importante que o conhecimento técnico seja multiplicado", diz o gerente de Marketing, Gerson Silva.