Seu navegador não suporta JavaScript!
Logon

 25/04/2019 - Institucional

 Campanha da Gripe: vacinação previne os tipos de influenza e a proliferação do vírus

 A imunização pode ser realizada em postos de saúde e clínicas privadas

A campanha nacional de vacinação contra a gripe, promovida pelo Ministério da Saúde, começou oficialmente em 10 de abril. Em 2018 a Secretária Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul registrou a imunização de 88% do público-alvo. Porém, houve 385 casos confirmados da doença, número maior que 2017. Segundo a médica coordenadora da Clínica de Vacinas da Unimed Porto Alegre, Fernanda Longhi, a vacinação deve ser feita anualmente. “A vacinação é considerada uma das medidas eficazes para a prevenção da influenza grave e de suas complicações", afirma.

No último ano, inúmeras informações incorretas sobre vacinas foram compartilhadas. Entre as informações erradas está um dos mitos mais comuns:  a vacina pode causar gripe. De acordo com a médica Fernanda Longhi, a vacina é confeccionada com o vírus inativado, sendo incapaz de causar a doença. “O que acontece, muitas vezes, é a pessoa já estar com o vírus da gripe quando recebe a vacina. Assim, a vacina não tem tempo de fazer efeito no corpo", explica. Existem ainda os mitos de que vitamina C previne gripe e que gripe e resfriado são a mesma coisa. “Os resfriados são causados por mais de 200 tipos diferentes de vírus. Já a gripe é provocada unicamente pelo vírus Influenza, que está em constante mutação. Os sintomas também são distintos. Já sobre a vitamina C não existe estudo científico que comprove a eficácia no combate à gripe. A melhor maneira de se proteger é a vacinação", reforça Fernanda.

O vírus da gripe é facilmente transmitido de pessoa para pessoa por tosse, espirros e até mesmo pela fala da pessoa doente, que pode ser inalada por quem estiver perto. Cuidados como manter os ambientes com boa circulação de ar, lavar as mãos com água e sabão diversas vezes ao dia (principalmente antes das refeições) e usar álcool gel podem impedir a proliferação do vírus.

 Campanha da Gripe 2019

A primeira fase da Campanha da Gripe nacional, promovida pelo Ministério da Saúde, seguiu até 18 de abril e priorizou crianças com idade entre 1 e 6 anos incompletos, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas. Desde o dia 21, a vacinação está disponível para o restante do público-alvo (trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com doenças crônicas ou imunidade baixa, jovens sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional, pessoas privadas de liberdade). Segundo o Ministério da Saúde, a expectativa é imunizar mais de 58 milhões de pessoas em todo país até o dia 31 de maio.

 A imunização pode ser realizada em postos de saúde e clínicas privadas.

 
Vacinação

Fernanda Longhi ressalta ainda a campanha lançada pela Unimed Porto Alegre. Com a frase “Vacina da Gripe Causa", a cooperativa revela diversos benefícios de estar imunizado e reforça a importância da vacinação. As doses das vacinas são comercializadas para clientes, com descontos especiais, e público em geral. As vacinas estão disponíveis enquanto durarem os estoques.

 Clínicas de Vacinas da Unimed Porto Alegre:

 Porto Alegre

Endereço: Shopping Total - Av. Cristóvão Colombo, 545 – conj. 3015 - Floresta.

Horário de funcionamento: de segunda-feira a sábado, das 9h às 20h.

 Canoas

Endereço: Conj. Comercial de Canoas - Av. Getúlio Vargas, 5.600 – BR-116 - Centro.

Horário de funcionamento: de segunda-feira a sexta-feira das 9h às 13h e das 14h às 19h e sábado* das 8h às 13h (*somente no mês de abril/19).


 Informações sobre valores e estoques podem ser obtidas pelo telefone 4004 2040.