Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

Notícias

 23/12/2016 - Viver Bem

 Chegou o verão: campanha da Unimed Porto Alegre alerta sobre o mosquito Aedes aegypti

 Cooperativa faz campanha de conscientização contra Zika Vírus, Dengue e Chikungunya

Ciente de que informação também é prevenção e que insistir na divulgação das ações contra o Aedes aegypti é necessário para a conscientização da população, a Unimed Porto Alegre realiza nova campanha de combate ao mosquito que transmite o Zika Vírus, a Dengue e a Chikungunya.

Divulgada em rádios e por meio da distribuição de folders impressos e distribuídos nas unidades de atendimento da Unimed Porto Alegre na capital gaúcha e Região Metropolitana, a campanha também ocorre nas redes sociais da Cooperativa.

De acordo com a infectologista, dra. Patrícia Reis, para a Dengue e Chikungunya, um sintoma em comum é a febre. No caso da dengue, a febre é alta acompanhada de sensação de fraqueza, dor nos olhos e de cabeça, nas juntas e nos músculos. Podem ocorrer manchas avermelhadas pelo corpo e falta de apetite. Em alguns casos, ocorre sangramento de nariz e gengivas.

Os sintomas da Chikungunya também são febre alta, dores intensas nas articulações, principalmente nas mãos, pés, tornozelos e punhos. O vírus também causa dores de cabeça e musculares e manchas vermelhas na pele. O período de incubação do vírus é de quatro a sete dias. Crianças menores de um ano e pessoas com outras doenças associadas apresentam maior risco de complicações. É importante ressaltar que, diferente da dengue, uma parte dos indivíduos infectados pode desenvolver a forma crônica da doença, com a permanência dos sintomas que podem durar entre seis meses e um ano.

Já o Zika Vírus os sintomas têm início três a sete dias após a picada do mosquito e os principais sintomas são febre baixa, erupção cutânea com prurido, dores nas articulações e vermelhidão nos olhos. Outros sintomas que também podem estar presentes incluem dor de cabeça e nos olhos, dores musculares e vômitos.  As complicações mais observadas têm sido as manifestações neurológicas como Síndrome de Guillain-Barré que se apresenta como fraqueza progressiva. A principal complicação do Zika são as alterações neurológicas nos bebês de gestantes infectadas.

Por meio de medidas básicas de prevenção e cuidado é possível minimizar o número de casos. Não deixe água parada e acumulada em pneus, sacos plásticos e vasos de plantas. Se tiver vasos de plantas aquáticas, troque a água e lave o vaso, principalmente por dentro, com escova, água e sabão pelo menos uma vez por semana. Não acumule lixo. Não deixe água da chuva acumulada sobre a laje. Remova folhas, galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas. Mantenha a caixa d´água sempre fechada com tampa adequada. Mantenha tampados tonéis e barris. Lave semanalmente com escova, água e sabão todos os utensílios utilizados para armazenar água (tanques, jarras, garrafas, potes, baldes, etc). Utilize telas nas janelas. Use repelentes. Se cada um fizer a sua parte, todos estarão prevenindo a proliferação dessas doenças.

Para saber mais sobre o que é, quais são os sintomas e como prevenir acesse unimedpoa.com.br/bloviverbem ou acesse o site do Ministério da Saúde: http://combateaedes.saude.gov.br/pt/. Para informações sobre a vacina contra a dengue ligue 0800 510 4646.

Informações Gerais

Central de Relacionamento com o Cliente 4004 2040

Serviços de Atendimento

SAC 0800 510 4646

Agendamento de Consultas

Unifacil 4020 3113

Emergências Médicas

SOS Unimed 0800 707 0007

Central de atendimento coronavírus

Coronavírus 0800 920 60 62

Informações e Agendamento de Exames

Rede de Serviços Próprios Unimed 2136 4100