Seu navegador não suporta JavaScript!
Logon

 01/10/2018 - Viver Bem

 Dia do Idoso: atitudes simples ajudam a evitar quedas de idosos

 No Dia do Idoso, a Unimed Porto Alegre alerta sobre os riscos de quedas por limitações de locomoção e ambientes não adaptados

O Dia do Idoso é comemorado em 1º de outubro. A data é um momento para ressaltar os cuidados e prevenções que devem ser mais intensos conforme a idade avança. No Brasil, já são cerca de 8,5 milhões de cidadãos acima de 60 anos. Com as diversas limitações físicas e psicológicas que a idade avançada pode causar, o risco de acidentes aumenta e afeta a qualidade de vida dos idosos.

Um estudo divulgado pelo Ministério da Saúde mostra que 30% dos idosos apresentam dificuldades na hora de realizar atividades corriqueiras e 17% têm problemas para se deslocar. Segundo a terapeuta ocupacional do Programa Viver Bem da Unimed Porto Alegre, Renata Trois, essas limitações geram diversas consequências, sendo a principal delas as quedas. "Além do risco de lesões, também existem consequências emocionais acarretadas pelos tombos", enfatiza a terapeuta ocupacional. Na maioria dos casos, após a primeira queda do idoso, a família, por preocupação, passa a controlar de forma mais rígida sua rotina. Contudo, essa sensação de dependência pode causar perda de confiança, baixa autoestima e isolamento social.

O ambiente é um dos fatores que mais influenciam na capacidade funcional do idoso. Por isso, propiciar um local seguro e adaptado às mudanças ocasionadas pela idade avançada é fundamental na hora de evitar uma queda. Tal processo não é fácil e requer paciência. De acordo com a coordenadora do Programa Viver Bem da Unimed Porto Alegre, a médica Sílvia Kretzer, o primeiro passo é entender os fatores de risco. "É necessário conhecer a rotina do idoso e avaliar onde estão, de fato, os riscos aos quais ele está exposto. A prevenção ainda é a melhor forma de reduzir os casos de quedas", ressalta.
Para a terapeuta ocupacional Renata, alguns passos simples podem ser seguidos para deixar o ambiente doméstico mais seguro:

Entrada, garagens e escadas

- Mantenha as áreas de entrada cobertas, evitando que a chuva e o mau tempo estraguem o piso;

- Considere a instalação do sensor de presença, que acende automaticamente a lâmpada quando uma pessoa se aproxima da porta;

- Coloque um corrimão fixado na parede ou no chão para o idoso se apoiar;

Sala

- Retire objetos soltos e espalhados pelo chão para não tropeçar: fios e pisos, tacos soltos, sapatos, brinquedos, vasos de plantas, mesas, banquinhos etc;

- Retire os tapetes ou coloque fitas adesivas antiderrapantes próprias sob os tapetes, passadeiras e capachos, para que fique bem fixo ao chão;

- Evite fios de aparelhos eletrônicos atravessados na área de circulação;

Quarto

- Evitar tapetes em torno da cama;

- Sempre tenha uma luz acesa quando for levantar para ir ao banheiro;

- Caso não possua telefone sem fio, que possa ser deslocado para o quarto, leve o seu celular;

Banheiro

- Inserir tapetes com ventosas dentro e fora do box;

- Instale barras de apoio dentro e fora do box;

- Prefira vasos sanitários mais elevados e alças de apoio nas laterais;

Cozinha

- Mantenha os números de emergência bem ao lado do telefone ou grudados por ímãs à geladeira;

- Use uma colher apropriada, um coador de metal ou uma peneira para retirar os legumes de dentro da água quente, ao invés de levar a panela para escorrer.

A médica Sílvia Kretzer ainda lembra que, além dos cuidados com o ambiente, o idoso deve procurar manter sua saúde em dia. "Estar em dia com a avaliação de sua visão, ir ao médico regularmente para revisar os remédios, ter uma vida social ativa e usar calçados baixo e com solado antiderrapante podem ajudar a evitar quedas e lesões", explica.

Programa Viver Bem Unimed Porto Alegre

O programa é voltado para todas as etapas do ciclo de vida humano, da gestação ao envelhecer saudável, com o objetivo de concretizar o conceito de cuidar, essencial para a atuação da Cooperativa. O cuidado a todos os públicos ocorre por meio de oficinas e cursos gratuitos. As atividades são realizadas por uma equipe de profissionais de saúde e oferecem uma agenda diversificada aos participantes.

O Viver Bem possui uma área especial programa para a Saúde do Idoso, com oficinas que vão desde alimentação saudável e a importância de comer bem na terceira idade, até conversas sobre sentimentos e estímulo à memória. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4004-2040 e pelo blog www.unimedpoa.com.br/viver-bem.