Seu navegador não suporta JavaScript!
Logon

 24/01/2018 - Institucional

 Previna-se e aproveite o verão com saúde

 Com o verão chegando, os riscos da exposição ao sol aumentam. É importante estimular hábitos de fotoproteção.

​Com objetivo de estimular a prevenção, a Unimed Porto Alegre lembra a importância de adotar atitudes que ajudem a evitar o tipo de câncer mais comum no país, o câncer de pele. Assim como se engaja em todas as campanhas preventivas, a Cooperativa também abraça essa causa e compartilha dicas da médica cooperada Clarissa Prati, dermatologista e presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia secção Rio Grande do Sul, para curtir o sol do verão de forma saudável e proveitosa. A exposição à luz do sol está associada a um maior risco de desenvolvimento de câncer de pele, especialmente quando induz queimadura solar. Dessa forma, deve-se estimular os hábitos de fotoproteção, ainda mais em época de férias. As orientações incluem:

- Utilizar fotoprotetor diariamente.

- Não se expor ao sol diretamente entre 10h e 16h.

- Usar barreiras físicas para proteger a pele e olhos, como roupas, chapéus de abas largas e óculos de lentes escuras com proteção UV.

- Em situações de exposição intencional, como na praia ou piscina, o protetor solar deve ter amplo espectro, FPS de no mínimo 30, e deve ser aplicado em todas as áreas expostas da pele entre 15 e 30 minutos antes de iniciar a atividade. A reaplicação deve ocorrer a cada 2 horas ou ainda logo após banho de imersão mais longo que 20 minutos ou após sudorese intensa.

- Para os que praticam atividades de longa duração dentro da água, como o surfe e natação ao ar livre, ou que induzam suor importante (corrida), produtos com maior aderência à pele são indicados. É sabido que as pessoas aplicam uma quantidade muito menor que a indicada no rótulo do produto, e, sendo assim, em exposições mais intensas, o FPS sugerido sempre será o mais alto possível.

- As crianças abaixo de 6 meses não deverão ser expostas diretamente ao sol, e, para as maiores, o uso de barreiras físicas como roupas e chapéus é adequado e deve ser estimulado.