Seu navegador não suporta JavaScript!
Logon

O que previne

Tuberculose – principalmente as formas graves: meningite e formas disseminadas da doença.

Indicação

A vacina é indicada de rotina a partir do nascimento até os 5 anos de idade.

Outras recomendações

Pessoas de qualquer idade que convivem com portadores de hanseníase (lepra); estrangeiros ainda não vacinados e que estejam de mudança para o Brasil.

A reação vacinal é concluída em seis meses, após esse prazo, considera-se que houve resposta vacinal quando há cicatriz e deve-se revacinar quando ela estiver ausente.

Contraindicação

Pessoas imunodeprimidas e recém-nascidos de mães que usaram medicamentos que possam causar imunodepressão do feto durante a gestação.

Prematuros, até que atinjam 2 kg de peso.

Esquema de doses

Dose única.

Local de aplicação

Intradérmica.

Onde pode ser encontrada

Nas Unidades Básicas de Saúde e Clínicas de Vacinas da Unimed Porto Alegre (Canoas e Porto Alegre).

O que previne

Infecção do fígado (hepatite) causada pelo vírus da hepatite B.

Composição

Trata-se de vacina inativada, portanto, não tem como causar a doença. É composta por proteína de superfície do vírus da hepatite B purificado, hidróxido de alumínio, cloreto de sódio e água para injeção. Pode conter fosfato de sódio, fosfato de potássio e borato de sódio.

Apresentação

1 frasco-ampola contendo dose de 25 U/0,5 mL para uso em pacientes pediátricos e adolescentes, e em cartuchos com 1 frasco-ampola contendo dose de 50 U/1,0 mL para uso em pacientes adultos.

Conservação

Refrigerada a uma temperatura de 2º a 8º C.

Indicação

Para pessoas de todas as faixas etárias. Faz parte da rotina de vacinação das crianças, devendo ser aplicada, de preferência, nas primeiras 12-24 horas após o nascimento, para prevenir hepatite crônica – forma que acomete 90% dos bebês contaminados ao nascer. Especialmente indicada para gestantes não vacinadas.

Contraindicação

Não deve ser aplicada em pessoas que apresentaram anafilaxia com qualquer componente da vacina ou com dose anterior. Ou nas que desenvolveram púrpura trombocitopênica após dose anterior de vacina com componente hepatite B.

Esquema de doses

Para a vacinação rotineira de crianças, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) adotou o esquema de quatro doses: ao nascimento e aos 2, 4 e 6 meses de vida. A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) recomendam os esquemas de quatro doses (adotado pelo PNI) ou de três doses: ao nascimento e aos 2 e 6 meses de vida. 

Para crianças mais velhas, adolescentes e adultos (eventualmente não vacinados no primeiro ano de vida), o PNI, a SBP e a SBIm recomendam três doses com intervalo de um mês entre primeira e a segunda e de cinco meses da segunda para a terceira. 

Prematuros vacinados ao nascer necessitam, obrigatoriamente, de quatro doses. 

Para crianças a partir de 12 meses de idade, adolescentes e adultos, as clínicas privadas de vacinaçãodispõem ainda da vacina que combina hepatite A e hepatite B em uma única injeção. Em menores de 16 anos, duas doses com intervalo de seis meses. Nas maiores, o esquema é de três doses, com intervalo de um mês entre a primeira e a segunda e de cinco meses da segunda para a terceira. 

Pessoas com comprometimento do sistema imunológico necessitam de dose dobrada em quatro aplicações (esquema 0-1-2-6 meses), para melhorar a resposta ao estímulo produzido pela vacina. Devem realizar exames periódicos para acompanhar os níveis de anticorpos e, sempre que a quantidade diminuir, receber um reforço com dose dobrada.

Via de aplicação

Intramuscular 0,5mL.

Onde pode ser encontrada

Na rede pública, para todas as pessoas, a partir do nascimento, sem limitações de idade. Pode ser usada a vacina hepatite B isolada ou, para as doses dos 2, 4 e 6 meses de idade, na apresentação combinada com outras vacinas (vacina DTPw-HB/Hib). 

 Clínicas de Vacinas da Unimed Porto Alegre (Canoas e Porto Alegre) é encontrada em apresentação isolada para todas as idades; em apresentação combinada dTpa-VIP-HB/Hib para menores de 7 anos; e na apresentação combinada com a vacina hepatite A (vacina hepatite A e B) para crianças maiores de 1 ano, adolescentes e adultos.