Seu navegador não suporta JavaScript!
Logon

Banner Tire a Gripe do seu caminho
 

A temporada de combate à gripe começou, e nessa luta você é protagonista.
Para proteger-se por completo do vírus da gripe, a Unimed Porto Alegre oferece a Clínica de Vacinas: dois centros dedicados para cuidar de você e de sua família. Estão disponíveis, além da vacina da gripe, mais de 20 tipos de vacinas para qualquer fase da vida, desde o nascimento até a terceira idade. E tudo isso com vantagens especiais para clientes Unimed.

Porto Alegre
Endereço: Shopping Total - Av. Cristóvão Colombo, 545 – conj. 3015 - Floresta.
Horário de funcionamento: de segunda-feira a sábado, das 9h às 20h.

Canoas
Endereço: Conj. Comercial de Canoas - Av. Getúlio Vargas, 5.600 – BR-116 - Centro.
Horário de funcionamento: de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 13h e das 14h às 19h.

Valores

TrivalenteTetravalente
​Cliente
​R$ 44,00
​R$ 80,00
​Não cliente
​R$ 55,00
​R$ 100,00
* Médicos cooperados e seus dependentes possuem valores diferenciados. Mais informações na Linha Direta com o Cooperado: 0800 510 4747.

** Antes de ir até a clínica, entre em contato para conferir a disponibilidade da vacina.

Formas de pagamento
Cheque, dinheiro, cartões débito e crédito (Visa e Mastercard).

Para mais informações, ligue: 0800 510 4646


​Diferenças entre a Gripe Comum e a Influenza A (H1n1)


​Sintomas
​Gripe Comum
​Influenza A
​Febre
​Não chega a 39º
​Início súbito a 39º
​Dor de cabeça
​De maior intensidade
​Intensa
​Calafrios
​Esporádicos
​Frequentes
​Cansaço
​Moderado
​Extremo
​Dor de garganta
​Acentuada
​Leve
​Tosse
Menos intensa
​Seca e contínua
​Muco (catarro)
​Forte e com congestão nasal
​Pouco comum
​Dores musculares
​Moderadas
​Intensas
​Ardor nos olhos
​Leve
​Intenso


 Perguntas Frequentes sobre a Gripe

  • ​Lave as mãos frequentemente com água e sabonete ou use álcool gel;
  • Mantenha os ambientes arejados;
  • Dê preferencia para uma alimentação saudável;
  • Ao tossir ou espirrar, cubra o nariz e a boca com um lenço descartável, jogando-o no lixo imediatamente;
  • Não compartilhe alimentos, copos, toalhas​ e objetos pessoais;
  • Se estiver com qualquer tipo de infecção respiratória, não frequente ambientes fechados e com aglomeração de pessoas, para evitar contágio;
  • Não use medicamentos sem orientação médica.

A automedicação pode ser prejudicial à saúde.

​A vacinação em gestantes é muito importante, pois se trata de um grupo de risco. No entanto, nossa recomendação é a Vacina Influenza Trivalente, tendo em vista que a segurança de administração da Vacina Influenza Tetravalente não foi avaliada, conforme bula. Dessa maneira, a Vacina Influenza Tetravalente não é recomendada para uso em gestante e é realizada somente com prescrição médica.

As pessoas que já tiveram a síndrome de Guillain-Barré e aquelas com alergia grave ao ovo não devem receber a vacina.

Quem está com imunodepressão, natural ou medicamentosa (pacientes em quimioterapia ou imunoterapia), deve receber orientações específicas do seu médico.

A vacina da gripe em geral não apresenta efeitos colaterais. As reações são raras, mas podem ocorrer nas primeiras 24 horas após a vacinação e desaparecem espontaneamente em um ou dois dias. 

Algumas pessoas podem apresentar febre, mal-estar e um pouco de dor no local da aplicação.

Há duas vacinas disponíveis hoje: a trivalente e a Tetravalente. Ambas protegem contra os vírus da gripe A, o H1N1 e o H3N2. A diferença está nas cepas do vírus do tipo B contida nas duas vacinas.

A trivalente protege apenas contra o subtipo Phuket do vírus Influenza B. Já a tetravalente, além de proteger contra este tipo, também protege contra o subtipo Brisbane do vírus Influenza B.

​Uma média de duas a três semanas.

É considerado grupo prioritário para a vacina da gripe os idosos (acima de 60 anos); 

Gestantes; mulheres no período de até 45 dias após o parto (puerpério), mesmo que estejam amamentando; 

Crianças entre seis meses e cinco anos de idade; profissionais de saúde; transplantados; professores;

Doentes crônicos (pessoas que têm diabetes, asma, bronquite e HIV/AIDS).

​Recomenda-se que as pessoas com febre aguardem a resolução do processo para receber a vacina. Quem está tomando antibiótico deve conversar com seu médico e seguir as orientações.

Pode, se quiser. Quem optar por tomar a tetravalente receberá proteção contra mais um subtipo do vírus Influenza B. Mas deve aguardar um intervalo de pelo menos um mês entre as duas doses.

Sim, pois a vacina tem validade de um ano. Além disso, os vírus foram modificados de acordo com a maior incidência deles.

Não. A vacina é composta por fragmentos dos vírus ou por vírus mortos, e por isso não dá gripe. Ocorre que, como a vacina é aplicada em uma época em que há muitos vírus circulando, as pessoas ficam resfriadas – mas certamente por outros vírus que não os contidos na vacina.


​​​

Locais de Atendimento