Seu navegador não suporta JavaScript!
Logon

 09/10/2017 - Institucional

 Unimed Porto Alegre apresenta seu programa de aceleração de startups durante o FIC 2017

 O programa foi apresentado durante o evento, que ocorreu nos dias 5 e 6 de outubro, no BarraShoppingSul, em Porto Alegre
A Unimed Porto Alegre apresentou durante o Festival de Interatividade e Comunicação – FIC 2017 o seu programa de aceleração de startups denominado Bem-Startup Unimed – Exponencializando o Futuro. Durante o evento, que ocorreu nos dias 5 e 6 de outubro, no Centro de Eventos BarraShopingSul, em Porto Alegre, a Cooperativa esteve com espaço para apresentar a iniciativa e falou sobre o assunto durante o Startup Lab do Sebrae, na tarde do dia 5/10. 

 “É a tecnologia proporcionando contribuição relevante e concreta para melhorar a qualidade de vida e bem-estar dos nossos clientes, cooperados, colaboradores e demais públicos”, afirma o diretor de Provimento de Saúde da Unimed Porto Alegre e líder do programa, Salvador Gullo Neto.

A partir do apoio e consultoria da Grow+ Aceleradora Premium, empresa especializada em aceleração de startups, o programa convida startups a apresentarem seus projetos e soluções com aplicabilidade em seis áreas prioritárias para a Cooperativa: Bem-Estar e Prevenção, Saúde Digital, Cuidados do Paciente, Assistência Médica, Engajamento e Conectividade e Eficiência Operacional.  Serão investidos R$ 2 milhões nesse processo, que tem duração prevista de 24 meses e que avaliará projetos diretamente relacionados à saúde.

“É uma grande oportunidade para startups ganharem visibilidade entre os maiores e melhores atores do ecossistema da saúde suplementar, envolvendo a Unimed Porto Alegre e sua rede de médicos, hospitais, clínicas e pacientes presentes em sua área de atuação. Relacionamento, investimento, mentoria, insights, feedbacks de especialistas da saúde e muito aprendizado são alguns dos benefícios que as startups podem esperar”, afirma o CEO da Grow+, Paulo Beck.

O início
Com o objetivo de garantir a sustentabilidade do negócio, a Unimed Porto Alegre incorporou a inovação no plano estratégico da Cooperativa em 2016. Entre as ações desenvolvidas para absorver novas tecnologias e modelos, e assim dar a largada no Programa de Aceleração Bem-Startup Unimed, foi realizada em 2017, entre colaboradores e médicos cooperados, a Hackathon Unimed Porto Alegre, uma maratona que envolveu a participação de grupos multidisciplinares de trabalho focados em gerar novas ideias para a Cooperativa e abastecer a diretriz de inovação – que está registrada em seu DNA. Com apoio da Grow+, o grupo atuou com abordagem disruptiva que gerou 211 ideias para construir o futuro da Cooperativa, que se abre para o desafio de integrar projetos aplicáveis aos processos da operadora de saúde.

O futuro
“Consideramos como ponto de partida inovar em áreas como a gestão da saúde do cliente, otimização dos recursos, simplificação dos processos, qualidade das informações, satisfação do cliente e cooperado, além de fortalecer relações com o colaborador”, explica o diretor de Provimento de Saúde da Unimed Porto Alegre, Salvador Gullo Neto, responsável pela Diretriz de Inovação.

Denominadas de drivers, as seis áreas prioritárias do Programa de Aceleração irão sinalizar às startups os setores prioritários que estão relacionados à Cooperativa nos próximos 45 anos e em relação aos quais a Unimed Porto Alegre busca melhorias e benefícios voltados a todos os seus públicos.

Os ativos intangíveis
Com o programa, a Unimed Porto Alegre intensifica seu investimento em ativos intangíveis, ou seja, capital humano, conhecimento científico ou técnico, processos ou sistemas, conhecimento intelectual e mercadológico, imagem e reputação, entre outros. São esses benefícios que representam o potencial de inovação das empresas e são os canais para atuação das startups. “Os ativos intangíveis da Unimed Porto Alegre são a marca conhecida e consolidada no mercado dos planos de saúde por sua liderança, gestão estratégica do negócio, com processos que valorizam cooperados e colaboradores e cuja expertise é oferecer soluções em saúde para as pessoas”, destaca Gullo Neto.
As startups selecionadas terão uma série de benefícios ao participar do programa, como acesso a ampla rede de mentores, reuniões de trabalho regulares, dias de trabalho das startups para desenvolvimento do negócio, sessões com especialistas em diferentes áreas do negócio e para esclarecer dúvidas, além de acesso ao escritório da Grow+ em São Paulo e em Porto Alegre.

Para Salvador Gullo Neto, as startups encontrarão na Unimed Porto Alegre um ambiente propício para inovações que devem garantir e alavancar a melhoria de todos os processos. “Estamos falando de uma cooperativa de médicos líder no mercado de assistência à saúde na Capital, Região Metropolitana, Centro-Sul e Litoral Norte do Rio Grande do Sul, que conta com mais de 713 mil beneficiários, 6.500 médicos e 339 pontos de atendimento entre serviços credenciados e próprios. A Unimed Porto Alegre tem estrutura própria para atendimento ao cliente, incluindo hospital em Guaíba, laboratório, Centros de Diagnóstico por Imagem, Centro de Oncologia e Infusão, prontos-atendimentos, Clínicas de Vacinas, Unidade de Atendimento Pediátrico e SOS Emergências Médicas”, finaliza.
Vale ainda destacar que as startups encontrarão na Unimed Porto Alegre, apesar da instabilidade do cenário econômico, perspectiva de crescimento em 2017 de 11,7% em receita bruta, de 11,16% em receita líquida, e novos investimentos previstos.

Como participar
As startups interessadas em participar do 1º Ciclo do Programa de Aceleração Bem-Startup Unimed devem se inscrever no site http://www.bemstartupunimed.com.br de 2 de outubro a 30 de novembro de 2017. Podem participar micro e pequenas empresas de tecnologia – startups que atuem na área da saúde e que tenham até 20 funcionários e/ou faturamento anual de até R$ 3,6 milhões. Serão selecionadas até 20 startups, ao longo de três ciclos de seleção, de acordo com os critérios técnicos definidos pela Unimed Porto Alegre.